Ilusões
Mente e Cérebro - Ed. nº 28
Produto indisponível

Por que temos a imperssão de que há movimento em figuras estáticas ou enxergamos profundidade em pinturas e desenhos? Em geral, o cérebro constrói versões sobre o que "vê" – preenche espaços em branco, reconhece cores em diferentes condições de iluminação e deduz a continuidade de linhas e formas geométricas. Os efeitos ópticos despertam diferentes interpretações e por isso têm se revelado valiosas ferramentas para o estudo do sistema visual. Este especial analisa mais de 100 imagens intrigantes – desde "brincadeiras visuais criadas por psicólogos e neurocientistas até obras de arte consagradas.

SUMÁRIO

A neurociência dos efeitos visuais

Imagens são captadas pelos olhos, mas é o cérebro, com suas complexas operações internas, que as vê

O mistério da torre de Pisa

Um truque visual com fotografias do edifício inclinado revela como nosso cérebro constrói imagens tridimensionais

O fantasma de Yorick
Fixar o olhar em imagens condiciona os neurônios a perceber um único estímulo; certas ilusões são provocadas pela readaptação dessas células

Cores e contextos
Tonalidades podem se alterar de acordo com o ambiente e influir na percepção dos contornos dos objetos

O sorriso de Monalisa
Reconhecemos faces até mesmo onde não existem; artistas consagrados, como Leonardo da Vinci, souberam manipular essa característica

Atraídos pelos olhos
Nos filmes de terror é clichê os retratos que parecem acompanhar os movimentos dos personagens; não por acaso, no olhar do outro buscamos respostas

Arte óptica
Divertidas e aparentemente simples,, as obras da op art refletem o conhecimento de mecanismos neurológicos sofisticados

Esculturas impossíveis
Inspirados nas obras de Escher, matemáticos e ilusionistas projetaram estruturas que, apesar de parecerem lógicas e realizáveis, contrariam as leis da natureza

Obras-primas na mesa

O cérebro detecta, reconhece e discerne características e expressões faciais a partir de informações mínimas; artistas aplicaram essa faculdade em curiosas criações com alimentos

Por que somos cegos?
Embora muitos acreditem que os olhos funcionam como câmeras, estudos mostram que nossa capacidade de apreender informações visuais é bastante limitada

Sim, as aparências enganam
Ser humano significa ver o mundo através da própria lente, que está constantemente mudando: às vezes embaça, às vezes parece mais límpida

Cabelos&Cia.
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Eventos
BARBA&CIA
Mente Cérebro
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Dossiê
Scientific American
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Dossiê
EDITORA SEGMENTO
CNPJ: 65.698.516/0001-05
Rua Cunha Gago, 412 - 1º andar
Pinheiros - São Paulo/SP
CEP 05421-001
Telefone: (11) 3039.5600