Armadilhas da percepção
edição especial - Mente e Cérebro - Ed. nº 16
Produto indisponível

Interações entre percepção, sistema visual, leis da física e estética têm sido tema de estudo dos pesquisadores do Centro do Cérebro e da Cognição da Universidade da Califórnia, em San Diego, Vilayanur S. Ramachandran e sua mulher, Diane Rogers-Ramachandran – autores da maior parte dos textos desta edição especial. Nas 84 páginas desta revista, estudiosos de truques da percepção convidam o leitor a desvendar alguns mistérios e a brincar com os próprios sentidos, por meio de experimentos simples e intrigantes.

SUMÁRIO 

A psicologia da forma
HELMUT E. LÜCK
A palavra Gestalt, alemã e sem tradução exata em português, refere-se ao que é “exposto ao olhar”; segundo a teoria, o todo “é sempre maior que a soma de suas partes”

A neurologia da estética
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
Apesar da diversidade de estilos, há princípios universais da arte – uma espécie de “gramática” da estética, análoga às sintaxes propostas pelo lingüista Noam Chomsky

Paradoxos da percepção
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
Se duas fontes diferentes de informação são incoerentes entre si, o cérebro dá importância à que parecer mais confi ável, com base em experiências acumuladas – e vai ignorar a outra

Buscas do olhar
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
Experiências com pontos cegos indicam que nosso sistema nervoso detesta o vácuo – e procura fugir dele

O fascínio do espelho
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
Imagens especulares ajudam pessoas amputadas a amenizar ou eliminar a dor fantasma; experimento mostra a importância da comparação de informações sensoriais para a imagem corporal

Imagens ambíguas
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERSRAMACHANDRAN
Ilusões visuais atiçam a curiosidade e permitem diversas interpretações; o sistema nervoso, porém, anseia por respostas e se concentra em uma só alternativa

Nuances do cinza
ALAN GILCHRIST
Jogos de sombra e contraste fazem com que uma única forma acinzentada pareça ter diferentes tons, dependendo do que estiver ao redor

Ver para crer
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERSRAMACHANDRAN
Ao alterar o sombreamento e a fonte de luz fazemos com que imagens pareçam mudar de forma e lugar. Não acredita? Experimente!

Mecanismos da estabilidade visual
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERSRAMACHANDRAN
Por que o mundo não parece pular quando nossas retinas se movem? Essa adequação aparentemente corriqueira exige trabalho cerebral específico

Ilusões móveis
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERSRAMACHANDRAN
Ao “enganar” neurônios especializados em detectar estímulos que se deslocam, certas imagens nos fazem perceber movimento onde ele não existe

A dança das listras
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
Buscamos padrões para apreender estímulos visuais; alguns experimentos simples elucidam processos neurológicos complexos usados para captar o movimento dos objetos

Filtros da percepção
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
A manipulação de imagens com algoritmos promove ilusões visuais surpreendentes e também explica como nosso sistema visual decompõe o que vê em diferentes freqüências espaciais

Brincando com pesos e medidas
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
A ilusão visual confunde os centros neurais e nos faz crer que um objeto seja diferente do que realmente é; experiências simples e divertidas mostram como isso acontece

No prumo certo
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
Para calcular a posição relativa dos objetos, o cérebro usa estratégias complexas que comparam informações sensoriais antes de decidir o que está de pé e o que está de cabeça para baixo

Transparente e óbvio
VILAYANUR S. RAMACHANDRAN E DIANE ROGERS-RAMACHANDRAN
Utilizamos recursos neurológicos sofisticados para processar informações sobre a cor e o brilho dos objetos – mas nem sempre nossas conclusões seguem as leis da física

Cores ilusórias
JOHN S. WERNER, BAINGIO PINNA E LOTHAR SPILLMANN
Experimentos que envolvem percepções visuais sugerem que a noção de cor está associada às formas e à profundidade; os diferentes tons são sensações criadas pelo cérebro

Cabelos&Cia.
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Eventos
BARBA&CIA
Mente Cérebro
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Dossiê
Scientific American
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Dossiê
História Viva
Edições Anteriores
Edições Especiais
Coleções
Jazz Vida antes da vida
EDITORA SEGMENTO
CNPJ: 65.698.516/0001-05
Rua Cunha Gago, 412 - 1º andar
Pinheiros - São Paulo/SP
CEP 05421-001
Telefone: (11) 3039.5600