A Política Externa Durante o Regime Militar
Política Externa - Abr/Mai/Jun 2014 - Ed. nº 2204
R$ 35,00
 

POLÍTICA EXTERNA

É uma revista destinada a tratar das principais questões de Relações Internacionais e Economia Política Internacional sob uma perspectiva brasileira. Os principais problemas que hoje ocupam a cena são abordados de forma acessível, mantidos o rigor acadêmico e a profundidade necessárias para a compreensão abrangente destas questões. Surgiu em 1991 com um conselho editorial multidisciplinar e de tendências ideológicas diversas, todos atuantes no cenário mundial. Orientada pelo conselho, a revista estabeleceu uma rede de colaboradores que têm contribuído notavelmente para o estudo das relações internacionais e da posição do Brasil no mundo. Ao longo dos últimos 21 anos tornou-se uma publicação imprescindível para todos aqueles interessados, direta ou indiretamente, nos aspectos econômicos e políticos da Politica Externa e das Relações Internacionais Brasileiras.

 

SumárioVol. 22 nº 4 - Abr/Mai/Jun 2014

ARTIGOS
 

A política externa durante o regime militar
por Fernando de Mello Barreto

Cinquenta anos após o seu início e 29 anos depois de seu fim, quão importante é para os dias de hoje saber como a política externa brasileira foi conduzida durante o regime militar? As ações realizadas na época ainda são válidas?

 

Mercosul: retórica e realidade
por Rubens Barbosa

O artigo é uma crítica ao que foi publicado na edição de janeiro-março desta Revista, escrito por Ruy Pereira, que resume a visão do atual governo brasileiro em relação ao processo de integração sul-americana e dos países do Cone Sul.

 

Desafio para o Itamaraty
por Sean Burges

Esta é uma tréplica relacionada ao artigo “Seria o Itamaraty um problema para a política externa brasileira?” de autoria de Sean Burges, publicado em janeiro de 2013 por esta revista. O autor responde ao diplomata Gonçalo Mello Mourão, a quem coube defender o Ministério das Relações Exteriores e a política externa brasileira.

 

A política externa do Brasil 2003-2013: depois da esperança suscitada e do papel de destaque exercido, o país se encontra em certo isolamento
por Gerard Bodinier

Quando o presidente Lula assumiu o cargo, provocou esperança entre os críticos da globalização neoliberal, pessoas que aspiravam a um mundo de justiça, igualdade, solidariedade e de apoio para os mais necessitados.

 

Brasil e China: complementaridade e competição*
por Jean Pierre Lehmann e Carlos A Primo Braga

O artigo enfoca a evolução da interdependência entre duas das maiores economias emergentes, principais membros do BRICS: Brasil e China. Discute, particularmente, até que ponto as crescentes relações bilaterais são duradouras e se elas darão novo ímpeto às alianças de política externa entre os dois países.

 

O décimo mandato do Brasil (2010-2011) e a presença reiterada de um membro eletivo no Conselho de Segurança da ONU
por Eduardo Uziel

Nas Nações Unidas, o Brasil pertence a um clube bastante exclusivo, o dos países que cumpriram dez mandatos eletivos no Conselho de Segurança..

 

O consenso de Bali
por Pedro de Camargo Neto

O acordo alcançado por consenso no seio da OMC, em Bali, na Indonésia, em dezembro passado, recebeu amplo apoio, também em universidades e na comunidade de especialistas em comércio.

 

Reformas estruturais no México: “Eppur si muove”
por Cecília Soto González

O resultado eleitoral inesperado de julho de 2012 - vitória para o Partido Revolucionário Institucional (PRI) e para seu candidato, Enrique Peña Nieto, com números menores do que o previsto e sem obter a maioria no Congresso - criou condições para um "Pacto para o México”.

 

O regionalismo latino-americano e a política hemisférica dos Estados Unidos
por Luis Fernando Ayerbe

O artigo é uma contribuição para o debate sobre as tendências nas relações interamericanas. Aborda a percepção em setores do establishment da política externa dos EUA a respeito dos desafios para a agenda hemisférica do país originários da recente profusão de mecanismos de integração regional.

 

Após Gerônimo
por Daniel Afonso da Silva

O artigo faz uma revisão dos instrumentos de comércio exterior, financeiros e de dimensão social criados ao longo do período desde a criação do bloco, em 1991.

 

O Brasil na África: uma ponte sobre o Atlântico?
por Oliver Stuenkel

“Uma década de guerra está terminando", disse Barack Obama por ocasião de sua vitória pela segunda vez como presidente dos Estados Unidos. Os ataques de 9/11 e a morte de Osama bin Laden, em 2011, tiveram grandes impactos e implicações no sistema internacional contemporâneo.

 

Cenário para 2014
por Roberto Teixeira da Costa

O World Economic Forum de Genebra publicou, em dezembro de 2013, o “Outlook on the Global Agenda 2014”. O estudo fez, também, um levantamento dos maiores desafios que a América Latina enfrenta em 2014.

 

PASSAGENS

O controverso legado de Ariel Sharon (1928-2014)
por Samuel Feldberg

 

Robert A. Pastor (1947-2014), formulador de políticas para os EUA nas Américas
por Abraham Lowenthal

 

O MUNDO NA FICÇÃO

Um toque de pecado* – ou os abandonados pelos céus
por Clodoaldo Hugueney Filho

 

LIVROS

A América Latina no mundo*
por Alberto Pfeifer

 

A desgovernança mundial da sustentabilidade*
por Eduardo Viola


Uma parceria em construção: as relações entre França e Brasil, 1945-2000*
por Clodoaldo Bueno

 

DOCUMENTOS

A democracia no mundo ibero-americano
por Celso Lafer

Cabelos&Cia.
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
BARBA&CIA
Mente Cérebro
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Scientific American
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
História Viva
Edições Anteriores
Edições Especiais
Coleções
Jazz Vida antes da vida
EDITORA SEGMENTO
CNPJ: 65.698.516/0001-05
Rua Cunha Gago, 412 - 1º andar
Pinheiros - São Paulo/SP
CEP 05421-001
Telefone: (11) 3039.5600