A Política Externa Durante o Regime Militar
Política Externa - Abr/Mai/Jun 2014 - Ed. nº 2204
R$ 35,00
 

POLÍTICA EXTERNA

É uma revista destinada a tratar das principais questões de Relações Internacionais e Economia Política Internacional sob uma perspectiva brasileira. Os principais problemas que hoje ocupam a cena são abordados de forma acessível, mantidos o rigor acadêmico e a profundidade necessárias para a compreensão abrangente destas questões. Surgiu em 1991 com um conselho editorial multidisciplinar e de tendências ideológicas diversas, todos atuantes no cenário mundial. Orientada pelo conselho, a revista estabeleceu uma rede de colaboradores que têm contribuído notavelmente para o estudo das relações internacionais e da posição do Brasil no mundo. Ao longo dos últimos 21 anos tornou-se uma publicação imprescindível para todos aqueles interessados, direta ou indiretamente, nos aspectos econômicos e políticos da Politica Externa e das Relações Internacionais Brasileiras.

 

SumárioVol. 22 nº 4 - Abr/Mai/Jun 2014

ARTIGOS
 

A política externa durante o regime militar
por Fernando de Mello Barreto

Cinquenta anos após o seu início e 29 anos depois de seu fim, quão importante é para os dias de hoje saber como a política externa brasileira foi conduzida durante o regime militar? As ações realizadas na época ainda são válidas?

 

Mercosul: retórica e realidade
por Rubens Barbosa

O artigo é uma crítica ao que foi publicado na edição de janeiro-março desta Revista, escrito por Ruy Pereira, que resume a visão do atual governo brasileiro em relação ao processo de integração sul-americana e dos países do Cone Sul.

 

Desafio para o Itamaraty
por Sean Burges

Esta é uma tréplica relacionada ao artigo “Seria o Itamaraty um problema para a política externa brasileira?” de autoria de Sean Burges, publicado em janeiro de 2013 por esta revista. O autor responde ao diplomata Gonçalo Mello Mourão, a quem coube defender o Ministério das Relações Exteriores e a política externa brasileira.

 

A política externa do Brasil 2003-2013: depois da esperança suscitada e do papel de destaque exercido, o país se encontra em certo isolamento
por Gerard Bodinier

Quando o presidente Lula assumiu o cargo, provocou esperança entre os críticos da globalização neoliberal, pessoas que aspiravam a um mundo de justiça, igualdade, solidariedade e de apoio para os mais necessitados.

 

Brasil e China: complementaridade e competição*
por Jean Pierre Lehmann e Carlos A Primo Braga

O artigo enfoca a evolução da interdependência entre duas das maiores economias emergentes, principais membros do BRICS: Brasil e China. Discute, particularmente, até que ponto as crescentes relações bilaterais são duradouras e se elas darão novo ímpeto às alianças de política externa entre os dois países.

 

O décimo mandato do Brasil (2010-2011) e a presença reiterada de um membro eletivo no Conselho de Segurança da ONU
por Eduardo Uziel

Nas Nações Unidas, o Brasil pertence a um clube bastante exclusivo, o dos países que cumpriram dez mandatos eletivos no Conselho de Segurança..

 

O consenso de Bali
por Pedro de Camargo Neto

O acordo alcançado por consenso no seio da OMC, em Bali, na Indonésia, em dezembro passado, recebeu amplo apoio, também em universidades e na comunidade de especialistas em comércio.

 

Reformas estruturais no México: “Eppur si muove”
por Cecília Soto González

O resultado eleitoral inesperado de julho de 2012 - vitória para o Partido Revolucionário Institucional (PRI) e para seu candidato, Enrique Peña Nieto, com números menores do que o previsto e sem obter a maioria no Congresso - criou condições para um "Pacto para o México”.

 

O regionalismo latino-americano e a política hemisférica dos Estados Unidos
por Luis Fernando Ayerbe

O artigo é uma contribuição para o debate sobre as tendências nas relações interamericanas. Aborda a percepção em setores do establishment da política externa dos EUA a respeito dos desafios para a agenda hemisférica do país originários da recente profusão de mecanismos de integração regional.

 

Após Gerônimo
por Daniel Afonso da Silva

O artigo faz uma revisão dos instrumentos de comércio exterior, financeiros e de dimensão social criados ao longo do período desde a criação do bloco, em 1991.

 

O Brasil na África: uma ponte sobre o Atlântico?
por Oliver Stuenkel

“Uma década de guerra está terminando", disse Barack Obama por ocasião de sua vitória pela segunda vez como presidente dos Estados Unidos. Os ataques de 9/11 e a morte de Osama bin Laden, em 2011, tiveram grandes impactos e implicações no sistema internacional contemporâneo.

 

Cenário para 2014
por Roberto Teixeira da Costa

O World Economic Forum de Genebra publicou, em dezembro de 2013, o “Outlook on the Global Agenda 2014”. O estudo fez, também, um levantamento dos maiores desafios que a América Latina enfrenta em 2014.

 

PASSAGENS

O controverso legado de Ariel Sharon (1928-2014)
por Samuel Feldberg

 

Robert A. Pastor (1947-2014), formulador de políticas para os EUA nas Américas
por Abraham Lowenthal

 

O MUNDO NA FICÇÃO

Um toque de pecado* – ou os abandonados pelos céus
por Clodoaldo Hugueney Filho

 

LIVROS

A América Latina no mundo*
por Alberto Pfeifer

 

A desgovernança mundial da sustentabilidade*
por Eduardo Viola


Uma parceria em construção: as relações entre França e Brasil, 1945-2000*
por Clodoaldo Bueno

 

DOCUMENTOS

A democracia no mundo ibero-americano
por Celso Lafer

Cabelos&Cia.
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Mente Cérebro
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
Scientific American
Assinaturas
Edições Anteriores
Edições Especiais
História Viva
Edições Anteriores
Edições Especiais
Coleções
Jazz Vida antes da vida
EDITORA SEGMENTO
CNPJ: 65.698.516/0001-05
Rua Cunha Gago, 412 - 1º andar
Pinheiros - São Paulo/SP
CEP 05421-001
Telefone: (11) 3039.5600